segunda-feira, 23 de março de 2015


Eu sou uma mistura de clichê, com uma boa quantidade de amor, uma pitada de ironia e uma pancada de problemas. Eu sou um balde cheio de sentimentos e um carisma quase inexistente. Um bolo de sorrisos e lágrimas, tristeza e felicidade. Sou um monte de carência e sem falar do meu ciúme insuportável. Tenho uma capacidade inexplicável de amar e perdoar, sofrer e esquecer, cair e me reerguer. Com um olhar sóbrio, tento seguir minha miserável vida sem ser notada pelas pessoas, gosto ficar escondida do mundo. Ficar só, só eu e meus problemas, sem ninguém para me incomodar, sem buzinas de carros, sinos de bicicletas, sem ouvir as mentiras que passam na televisão e sem ouvir as baboseiras que os políticos falam. Não sou uma pessoa muito sociável, não sei falar sobre o clima ou sobre as notícias que ocorrem por aqui. Não sou aquela que todos se esforçam para me conhecer e virar meu amigo, na verdade, todos se esforçam para manter distancia de mim.. Também não sei se sou a filha perfeita ou se serei a esposa que todos desejam porque eu não faço nada certo. Eu não tenho ideia do que o futuro reserva pra mim, eu nem sei para que faculdade eu irei, ou os lugares que irei frequentar. Se algum dia irei me casar ou ter filhos, eu não faço ideia.Eu leio, gosto de ler e ver filmes de terror. Eu sou um verdadeiro furacão de livros, filmes e solidão.
Lívia Rinaldi

Bom Dia,Boa Tarde ou Boa Noite Pra Você....

Que veio me visitar no meu cantinho,fico sempre muito grata com cada visita que recebo aqui e agradeço de coração. O tempo foi ficando ape...