segunda-feira, 23 de março de 2015


Cada um com seus motivos
Me faz sorrir saber da existência do seu sorriso. Eu não amo as pessoas por pertencê-las ou elas pertencerem a mim, amo-as quando elas se pertencem e sorriem pelo simples fato de se terem. Minha felicidade é fruto da felicidade alheia, isso faz a minha felicidade ser mais fácil do que a felicidade de qualquer outra pessoa do mundo e ao mesmo tempo a mais difícil do que a de qualquer outra pessoa do mundo. Mas apenas o fato de a responsabilidade dos meus sorrisos não ser minha, já me alivia. Se sou triste a culpa não é minha, se sorrio também não tenho mérito. A minha única glória é a glória alheia ser o alimento da minha, fazer as conquistas alheias serem como minhas. Ninguém especificamente precisa conhecer meus motivos de riso, até porque não há siso em sorrir as causas dos outros. Mas saiba, meu bem, que sorrio suas felicidades, que amo teus amores, choro tuas dores e convivo com você. Sei ser o alheio como não me sei ser, e sim, há grande beleza nisso. A vida que só vive para si, não é digna de ser chamada de vida.
Karla Waters

Bom Dia,Boa Tarde ou Boa Noite Pra Você....

Que veio me visitar no meu cantinho,fico sempre muito grata com cada visita que recebo aqui e agradeço de coração. O tempo foi ficando ape...