domingo, 17 de março de 2013


“Não importa o conteúdo da mensagem, se a ligação durou segundos ou horas, o que importa é saber que alguém lembrou, que sentiu falta, que ligou, que correu atrás, que fez questão de ser lembrado, de não esquecer. É isso que faz a diferença. É por isso que sempre digo: se gosta, dê um jeito de falar. Se sente saudades, ligue, mande mensagem, bata na porta. E se quiser ser feliz de verdade, vai ter que se arriscar muito, engolir todo esse orgulho, perder esse medo e ir atrás do que aquece o coração, do que coloca um sorriso no rosto, do abraço que tanto protege e daquela pessoa que você tanto ama. Você vai ser feliz, mas antes é preciso fazer por onde. Então por qual motivo você insiste em escrever e apagar a mesma mensagem várias e várias vezes? Escreve e manda, sabe? Nunca sabemos ao certo o quanto as nossas palavras fazem a diferença na vida de alguém. Se sente saudades, já deveria ter ligado há muito tempo, não espere a solidão ou que o tempo passe para que você finalmente tenha coragem de dizer o que sente. Você pode até ter cometido diversos erros, mas se não fossem os erros e os seus defeitos, o perdão não teria sentido, não valeria de nada. Aprenda que quando se ama, não existem erros imperdoáveis. Então, por favor, não espere o tempo passar, não espere que alguém te mande fazer ou falar algo, apenas faça e diga o que o seu coração te pede, o que o teu coração quer. Que faltam palavras, mas que nunca falta a coragem, que nunca faltem os sentimentos.” 

— Rafael Souza

Bom Dia,Boa Tarde ou Boa Noite Pra Você....

Que veio me visitar no meu cantinho,fico sempre muito grata com cada visita que recebo aqui e agradeço de coração. O tempo foi ficando ape...